DUODERM CGF ADESIVO HIDROCOLÓIDE 10CMx10CM – CONVATEC

Você também pode adquirir este produto através da nossa Loja no shopping on-line Human Care Brasilque conecta soluções de saúde e bem estar para quem precisa.

por R$ 35,90 à vista
ou até 8x de R$ 5,11
juros de 2,99% a.m.

Descrição

Descrição

DuoDERM® CGF é um curativo adesivo estéril, hidrocolóide, com fórmula de controle de gel.
Os hidrocolóides (carboximetilcelulose sódica, pectina e gelatina) estão contidos dentro da matriz de polímeros elastoméricos que aumentam a capacidade de conter o exsudato formando um gel coesivo e sobre esta há uma camada de espuma de poliuretano.
O curativo auto-aderente absorve o exsudato e promove um ambiente úmido que favorece o processo de cicatrização e auxilia na remoção de tecido desvitalizado da ferida (debridamento autolítico) sem danificar o tecido recém-formado.
DuoDERM® CGF age como barreira para a ferida contra a passagem de bactérias, vírus (incluindo o HIV-1) e outras contaminações externas enquanto o curativo permanecer íntegro.

Indicações

  • Abrasões, lacerações, cortes superficiais, queimaduras, rachaduras de pele;
  • Úlceras de perna, úlceras por pressão e úlceras diabéticas;
  • Feridas cirúrgicas;
  • Feridas externas causadas por trauma.

Contra – Indicações

Indivíduos sensíveis ou que tiveram qualquer reação alérgica ao curativo ou a um dos seus componentes.

Precauções e Observações:

  • Durante o processo normal de cicatrização, o tecido desvitalizado pode levar a ferida parecer aumentada após as primeiras trocas do curativo;
  • Não são recomendadas trocas freqüentes em presença de pele adjacente lesada. A ferida deve ser observada durante as trocas do curativo;
  • Consulte um profissional de saúde se for observado: irritação, maceração, hipergranulação, sensibilidade, sinais de infecção, modificação na coloração e/ou odor, aumento da ferida após as primeiras trocas do curativo, a ferida não demonstrar sinais de cicatrização ou se ocorrer qualquer sintoma não esperado;
  • Medidas de suporte apropriadas, como controle de doenças de base, antibioticoterapias sistêmicas e monitorização de feridas infectadas, são necessárias quando clinicamente indicado.